Anúncio
FUXICO

Oposição de Barras já age para atingir o trabalho do Sargento Mota

Alguém gravou a viatura no parada no hotel e enviou para TV

04/06/2021 22h10Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
2.744

Há quatro dias em Barras, o Sargento Mota e a equipe da Força Tarefa que ele coordena está fazendo um trabalho que a população vem aprovando. No primeiro dia, emendou os trabalhos de uma  blitz Lei do Silêncio com o da fiscalização do decreto que visa o controle da contaminação do coronavírus na cidade e tem mantido os meliantes dentro de casa. Mesmo assim, encontrou quem criticasse.

O programa do apresentador Silas Freire - que vem diariamente fazendo matérias de oposição à administração de Barras - mostrou a viatura da Polícia Militar dentro do hotel onde a equipe está hospedada, alegando inatividade dos valentes policiais. Ele mostrou uma imagem descontextualizada, que não mostra o horário, que não ouviu o sargento e nem levou em consideração que a polícia também precisam descansar.

Barras tem um grupamento policial local que faz um trabalho de formiguinha na missão de manter a paz e a ordem. A Força Tarefa é reforço e pode descansar porque os policiais do Capitão Batista continuam trabalhando

A população tem aprovado e aplaudido o reforço enviado pelo governo do Estado, através da secretaria de Segurança, a pedido do prefeito Edilson Sérvulo. A repercussão positiva do trabalho do  Sargento Mota é claramente vista nas redes sociais!

Sargento Mota está tão bem aceito que as pessoas passam na rua e querem fazer fotos com ele.

O apresentador Silas Freire disse no programa que o Sargento só apreendeu quatro escapamentos kadron. Não é o que mostra o vídeo a seguir!

O que deixou o Sargento Mota intrigado é com a má fé da pessoa que, por motivações políticas. filmou a viatura e enviou para um canal de televisão com o intuito de colocar em xeque um trabalho que está sendo bem realizado. Pelo visto, o policial já sabe quem é o fuxiqueiro porque o chamou de "pau mandado de ex-prefeito".

O apresentador Silas Freire fez campanha para a reeleição do ex-prefeito Carlos Monte, chegando inclusive a gravar vídeo pedindo votos para o candidato que foi derrotado com uma uma diferença muito grande de votos devido a uma alta rejeição. 

O Sargento Mota conhece esse contexto. Ele critica o fato de que questões políticas sejam utilizadas para desqualificar o trabalho policial, mesmo quando se verifica na prática a situação de tranquilidade da cidade após a chegada da Força Tarefa.

Ou seja, fazer oposição é mais importante do que manter a paz e a ordem. Ouça a resposta do PM!

 

 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias