Anúncio
VIOLÊNCIA

Policial é acusado de agredir advogado na Delegacia de Piripiri

O advogado levou um murro na boca

11/06/2021 08h39Atualizado há 6 dias
Por: Redação
Fonte: gp1
202

Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Seccional Piauí ingressou nesta quinta-feira (10) com representação junto à Corregedoria da Polícia Militar do Piauí contra um sargento identificado como Domingos da Silva Sousa, que está sendo acusado de agredir fisicamente o advogado Humberto da Silva Chaves, que acompanhava um cliente dentro da Delegacia de Piripiri.

O advogado Marcus Vinícius Nogueira, presidente da Comissão de Prerrogativas dos Advogados da OAB Piauí, contou maiores detalhes do caso, ocorrido na tarde dessa quarta-feira (09). “Foi dentro da Delegacia de Piripiri, o advogado ficou lesionado, [o policial] deu um murro na boca dele”, explicou.

 

Marcus Vinícius informou que a OAB, além de acionar a Corregedoria, também ajuizou ação criminal contra o sargento, por abuso de autoridade e lesão corporal. “A OAB entrou hoje com uma representação na Corregedoria da Polícia Militar, também entrou com uma ação criminal por abuso de autoridade e lesão corporal e além disso vamos entrar com um processo de desagravo público contra o policial”, declarou o advogado.

A Comissão de Prerrogativas da OAB Piauí publicou nota de repúdio após o ocorrido. O texto diz que o abuso de autoridade é uma conduta “odiosa”. “Não bastasse o impedimento oferecido pelo militar à livre atuação do Advogado, sua conduta se agravou quando, no exercício de suas atribuições, utilizou-se de violência física e moral, culminando com lesões contra o causídico. O abuso de autoridade é conduta odiosa, que macula a atuação do Estado no necessário e indispensável policiamento investigativo e ostensivo”, consta na nota.

Leia na íntegra a nota da OAB:

A Comissão de Defesa das Prerrogativas dos Advogados da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Piauí, vem a público manifestar o seu integral e veemente repúdio à conduta do Sargento Domingos da Silva Sousa, que agrediu física e verbalmente o Advogado Humberto da Silva Chaves, nas dependências da Delegacia de Polícia de Piripiri, onde prestava atendimento a um constituinte.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias