CRAQUE

Jogador revelado em Campo Maior é convocado para a Seleção Brasileira de Futebol

Aos 17 anos, Artur reside na capital paulista, no alojamento do Palmeiras

05/09/2021 19h39Atualizado há 3 semanas
Por: Redação
Fonte: campomaioremfoco

 O atacante Artur, do Red Bull Bragantino, se apresentará nesta sexta-feira (03) à Seleção Brasileira após ser chamado pelo técnico Tite. Essa é a primeira convocação do jogador de 23 anos, que tem passagem pelas categorias Sub-20 e Olímpica da Amarelinha. Ele se juntará à equipe diretamente em São Paulo. 

Após a vitória da última quinta-feira (2) contra o Chile, pelo placar de 1 a 0, o elenco da Seleção Brasileira retorna a São Paulo hoje. O voo deixará Santiago, capital chilena, às 15h (16h de Brasília). A chegada a São Paulo está prevista para as 20h.

No domingo (5), o Brasil enfrentará a Argentina, às 16 horas, na NeoQuímica Arena. Quatro dias depois, o adversário será o Peru, na Arena Pernambuco, às 21h30.

A Seleção Brasileira é líder das Eliminatórias para a Copa do Mundo Fifa Catar 2022 com 21 pontos conquistados após sete jogos e sete vitórias. Até aqui, 100% de aproveitamento para o Brasil nesta disputa.

Ele nasceu em Fortaleza, no Ceará, mas bem que pode ser considerado piauiense, pelo menos de coração. Aos três anos, Artur Victor mudou-se da metrópole para Campo Maior, cidade no interior do Piauí, e lá iniciou o seu caminho no futebol, a mesma trajetória de milhares de garotos brasileiros em busca do sonho de se tornar um grande jogador. Em pouco tempo, ele saiu dos campos de terra batida para brilhar com a camisa Palmeiras no Campeonato Paulista sub-17. Artilheiro do torneio com 11 gols, Artur projeta futuro no Verdão e sonha com vaga na seleção brasileira principal. Atualmente em São Paulo, o jovem atleta comemora boa fase, mas diz que não esquece do estado que o formou e onde foram dados os primeiros passos no mundo da bola.

"Tudo que aprendi no futebol foi em Campo Maior. A primeira escolinha que meu pai me colocou foi na AABB com o professor Zé Maria. Lá, fiquei por dois anos até começar a treinar com o professor Carioca. Com ele, passei oito anos que me serviram e servem de base até hoje. Graças a ele estou aqui (Palmeiras). Tenho muita gratidão pela cidade, pelas pessoas e pelo estado que durante 10 anos foi minha casa e minha escola no futebol", declara o jogador.

Artur Victor Palmeiras (Foto: Reprodução/Facebook)

A mudança logo cedo poderia ter afastado Artur do futebol, mas a paixão pelo esporte e o incentivo do pai foram mais fortes, ainda que não tenha crescido em um grande centro. Depois de retornar a terra natal, 10 anos após a mudança para o Piauí, ele teve uma chance no time do Ceará e não a desperdiçou. Engrenou no elenco, foi destaque nos jogos e competições e logo chamou a atenção do Verdão.

- Estamos disputando a Copa Rio, em Macaé, pelo Ceará. Nesse dia, perdemos de 2 a 1 para o Palmeiras, mas como fiz o gol e atuei bem, logo eles entraram em contato comigo. Na mesma hora que recebi o convite me mandei para São Paulo – conta Artur.

Em rápida ascensão, a vaga no time titular do Alviverde era questão de tempo. E ela chegou. Artur virou o principal articulador da equipe sub-17 e, mesmo não sendo o homem de área, tornou-se artilheiro do Paulistão da categoria, torneio que ainda transcorre na primeira fase. Tal destaque lhe rendeu uma convocação para a seleção brasileira sub-17 no mês de maio para uma série de treinamentos e três amistosos.

Profissionalismo e futuro na Seleção
Com nova boa desenvoltura, Artur Victor foi titular em dois amistosos e agora sonha com vaga no Mundial sub-17 no mês de outubro. Contudo, o meia projeta o futuro com a amarelinha, mas ressalta que é necessário cumprir algumas etapas até que o sonho maior seja realizado.

Artur Victor, Palmeiras sub-17 (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

"É o meu sonho. Quem não quer chegar à Seleção principal? Acho que as coisas na minha vida estão acontecendo no tempo certo. Com muito trabalho e esforço, irei chegar lá. Até isso acontecer quero me consolidar no Palmeiras, onde desejo me profissionalizar e ser um jogador importante no time. Tenho meus pés no chão, mas acredito muito no potencial que tenho" frisa o atleta.

Aos 17 anos, Artur reside na capital paulista, no alojamento do Palmeiras, e tem todas as despesas custeadas pelo clube. Segundo ele, a profissionalização pode acontecer logo depois da disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2016, principal torneio de base do país.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Teresina - PI
Atualizado às 12h50
35°
Nuvens esparsas Máxima: 38° - Mínima: 22°
37°

Sensação

15 km/h

Vento

39%

Umidade

Fonte: Climatempo
Redes sociais longah
LEO 300X250
Últimas notícias
LEO 300X250 II
Mais lidas
Redes sociais
Ele1 - Criar site de notícias