COMO ASSIM?

Bolsonaro veta projeto de distribuição de absorvente para meninas carentes

Projeto visava pessoas em situação de rua e estudantes carentes

08/10/2021 12h47Atualizado há 2 semanas
Por: Redação

O presidente Jair Bolsonaro vetou a previsão de distribuição gratuita de absorventes femininos para estudantes de baixa renda e pessoas em situação de rua, que era a principal medida determinada pelo programa. A sanção foi publicada na edição desta quinta-feira (7) do Diário Oficial da União

A proposta (PL 4.968/2019), da deputada Marília Arraes (PT-PE), foi aprovada pelo Senado em 14 de setembro, sob a relatoria da senadora Zenaide Maia (Pros-RN). A intenção era combater a precariedade menstrual, que significa a falta de acesso ou a falta de recursos para a compra de produtos de higiene e outros itens necessários ao período da menstruação feminina.

Segundo a senadora, a pobreza menstrual, um problema que já atingia milhões de mulheres no mundo, teve seus efeitos agravados pela pandemia. Durante a votação no Plenário do Senado, Zenaide lembrou que a cada quatro jovens, uma não frequenta as aulas durante o período menstrual porque não tem absorvente — ou seja, o mínimo necessário à dignidade e à higiene pessoal. 

 

Fonte: Agência Senado

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Teresina - PI
Atualizado às 09h57
27°
Muitas nuvens Máxima: 35° - Mínima: 24°
30°

Sensação

9 km/h

Vento

84%

Umidade

Fonte: Climatempo
LEO 300X250
Redes sociais longah
Últimas notícias
LEO 300X250 II
Mais lidas
Redes sociais
Ele1 - Criar site de notícias