TRAGÉDIA

Esposa mata marido em José de Freitas, mas está em liberdade

Maria de Jesus foi colocada em liberdade em audiência de custódia.

09/05/2022 15h14Atualizado há 7 dias
Por: Redação
Fonte: Saraiva Repórter

O juiz Luís Henrique Moreira Rego, titular da Comarca de José de Freitas-PI, colocou em liberdade condicional durante audiência de custódia, no final da manhã desta segunda-feira (9 de maio de 2022), a sacoleira Maria de Jesus da Conceição, conhecida como “Dijer”, de 34 anos, que no início da madrugada deste dia 9 de maio de 2022, matou com duas facadas na cidade de José de Freitas-PI, o seu companheiro José Ronaldo Gomes Pinheiro, de 37 anos. O crime ocorreu na residência do casal, na Rua Zezé Santana, no bairro Matadouro.

A audiência de custódia teve início por volta das 10 horas da manhã desta segunda-feira (9 de maio), quando policiais civis apresentaram a acusada Maria de Jesus da Conceição ao juiz Luís Henrique e ao promotor de Justiça Sérgio Reis Coelho. Também participou da audiência, o advogado Francisco Lucas Fontenele Lima, que defende Maria de Jesus da Conceição.

José Ronaldo Gomes Pinheiro foi morto com duas facadas.

Durante a audiência de custódia, no Fórum Juiz Alberto Veras, no Centro de José de Freitas-PI, o promotor Sérgio Reis pediu ao juiz Luís Henrique que decretasse a prisão preventiva de Maria de Jesus da Conceição e que ela continuasse presa, sendo que o advogado Francisco Lucas Fontinele Lima em recurso apresentado à Justiça, afirmou que sua cliente Maria de Jesus teria matado o companheiro José Ronaldo em legítima defesa e que ela fosse colocada em liberdade condicional.

 

O juiz Luís Henrique após analisar os pedidos do Ministério Publico e do advogado Lucas Fontenele, ouviu a suspeita Maria de Jesus da Conceição, que afirmou em depoimento que matou o companheiro José Ronaldo em legítima defesa, contando, inclusive detalhes, tendo no final da audiência o magistrado decidido em colocar Maria de Jesus em liberdade condicional, tendo negado o pedido do promotor Sérgio Reis que seria a decretação da prisão preventiva da suspeita. “Dijer”, como é conhecida, deixou o Fórum Juiz Alberto Veras chorando bastante, sendo recebida na saída por vários familiares que lhe acalmavam.

Maria de Jesus da Conceição após matar o companheiro José Ronaldo ficou chorando ao lado do corpo, sendo presa pela Polícia Militar e levada para a Central de Flagrantes, em Teresina-PI, onde ela foi autuada pela Polícia Civil e na manhã desta segunda-feira (9 de maio de 2022) foi apresentada na audiência de custódia na Comarca de José de Freitas, onde no final ela foi colocada em liberdade condicional. O crime ocorreu aos primeiros 30 minutos deste dia 9 de maio de 2022.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Teresina - PI
Atualizado às 12h00
32°
Nuvens esparsas Máxima: 32° - Mínima: 23°
36°

Sensação

13 km/h

Vento

59%

Umidade

Fonte: Climatempo
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias