OPORTUNIDADE

Agespisa negocia débitos de clientes inadimplentes do interior

No pagamento à vista, os clientes terão desconto de 100% nos encargos de juros, multa e correção monetária.

04/04/2023 13h56Atualizado há 6 meses
Por: Redação

A Agespisa aprovou novas regras para os clientes do interior do estado que desejam quitar ou parcelar débitos com a empresa. A finalidade é reduzir a inadimplência, recuperar receita e estimular a regularidade no pagamento das contas mensais.

No pagamento à vista, os clientes terão desconto de 100% nos encargos de juros, multa e correção monetária, mais 20% de desconto no valor histórico. Caso a opção seja pelo parcelamento, o pagamento poderá ser feito em 12 vezes, sem juros, com uma entrada de 10% do valor total da dívida e sem acréscimo dos encargos de atraso.

Já no parcelamento de 13 a 24 vezes, a entrada mínima é de 20%, com juros de 1% ao mês, também sem encargos de atraso. Parcelando acima de 24 vezes, a entrada é de 30%, com cobrança de juros e dos encargos.

“São excelentes condições para os clientes que querem negociar seus débitos com a empresa e assim sair da restrição de crédito. Esperamos diminuir o índice de inadimplência com essa iniciativa”, afirma o presidente da Agespisa, José Santana.

A empresa recomenda que os clientes não deixem para última hora para não perderem o prazo da campanha. Os interessados em parcelar seus débitos devem procurar os escritórios e postos de atendimento da Agespisa, que funcionam de segunda a sexta, das 7h30 às 17h30.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Teresina, PI
Atualizado às 09h12
31°
Tempo limpo Máxima: 40° - Mínima: 23°
31°

Sensação

3.09 km/h

Vento

40%

Umidade

Redes sociais longah
Últimas notícias
Mais lidas
Redes sociais
Ele1 - Criar site de notícias