PRISÃO

Acusada de torturar e matar a filha em Esperantina é presa pela segunda vez

Maria Karolaine foi indiciada pelo assassinato da filha, Anna Kerolayne, de apenas 3 anos.

04/07/2024 15h42Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
Fonte: Gp1

O Departamento de Capturas (Decap) da Polícia Civil do Piauí prendeu, na manhã desta quinta-feira (4), a mãe acusada de participar do assassinato da própria filha, Anna Kerolayne Gomes Nunes, de apenas 3 anos, crime ocorrido em abril deste ano, na cidade de Esperantina. Maria Karolaine Nunes de Oliveira se apresentou ao Decap acompanhada de um advogado.

Segundo o delegado Emir Maia, titular do Decap, Maria Karolaine, que chegou a ser presa à época dos fatos, foi colocada em liberdade posteriormente, entretanto, a Justiça decretou novo mandado de prisão preventiva contra ela.

Ainda conforme o delegado, a mãe de Anna Kerolayne negou qualquer participação no crime e acusou o então companheiro, padrasto da criança, de praticar os atos de agressão e tortura que culminaram na morte da menina. Maria Karolaine relatou que o homem desferiu sete pauladas na cabeça da sua filha.

“Ela está sendo presa acusada de ter participado da morte da própria filha, entretanto, segundo nos relatou, o padrasto foi o único responsável pela morte da criança. Segundo ela, ele desferiu em torno de sete pauladas na cabeça da sua filha. Ela negou ter participado, negou ser coautora, entretanto, o juiz decretou a sua prisão. Ela foi encaminhada para audiência de custódia e posteriormente para a cidade de Esperantina, onde permanecerá à disposição da Justiça”, declarou o delegado Emir Maia.

Indiciamento

A mãe e o padrasto de Anna Kerolayne foram indiciados no último dia 2 pela Polícia Civil do Piauí, através da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher e aos Grupos Vulneráveis de Esperantina. De acordo com a delegada Polyana Oliveira, o inquérito concluiu que a criança, desde que foi morar na cidade de Esperantina com a mãe, no início deste ano, foi submetida a constantes episódios de tortura.

Relembre o caso

No dia 15 de abril, o Serviço de Assistência Social do Hospital Júlio Hartman, da cidade de Esperantina, comunicou ao Conselho Tutelar uma suspeita de crime de maus-tratos contra uma criança de 3 anos, que foi admitida na unidade médica em estado grave.

Anna Kerolayne foi transferida para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde acabou morrendo, no dia 22 de abril.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Teresina, PI
Atualizado às 14h06
31°
Tempo limpo Máxima: 36° - Mínima: 19°
30°

Sensação

4.63 km/h

Vento

35%

Umidade

Redes sociais longah
Últimas notícias
Mais lidas
Redes sociais
Ele1 - Criar site de notícias